A DEMOCRACIA DIGITAL E AS ARTICULAÇÕES E MOBILIZAÇÕES VIA REDES SOCIAIS: o impacto das TIC e novas mídias no Direito à Informação e à Liberdade de Expressão

Bruno Mello Corrêa de Barros, Gil Monteiro Goulart

Resumo


A partir do fim da Revolução Industrial e com o processo de globalização econômica, social e cultural acentuado e observado em escala global consolidou-se uma nova forma de sociedade, a modalidade em rede, onde as transações financeiras e, especialmente, a comunicação intensificou-se nas últimas décadas. Nesse sentido, a informação consolidou-se como um ativo econômico de grande valia para a sociedade, tendo destaque àqueles indivíduos, atores sociais e instituições que possuem a maior quantidade de informações em um menor intervalo de tempo. Assim, o ensaio em tela pretende demonstrar as nuances de impacto que as novas mídias, perpassadas por Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), especialmente a Internet, via redes sociais digitais, exercem na atualidade, criando campo de mobilizações e articulações, que engendradas no âmbito virtual num primeiro momento, posteriormente materializam-se nas ruas através de manifestações, passeatas e demais articulações. Desta feita, desloca-se também um olhar para a democracia digital e seus agentes indutores, como a tecnologia e globalização. Nesse ínterim, pretende-se verificar a amplitude do exercício do Direito à Informação e do Direito à Liberdade de Expressão na sociedade em rede atual, potencializando discursos e óticas, garantindo a construção de posicionamentos. Para a confecção do presente trabalho, conta-se com o aporte metodológico pautado no método de abordagem dedutivo, ancorado especialmente nas balizas jurídicas e normativas – Direito à Informação e Direito à Liberdade de Expressão – e método de procedimento monográfico, que se desvela a partir do estudo do material teórico sobre o assunto, bem como visualização do arquétipo das redes sociais digitais e sua penetração social.

Palavras-chave


Direito à Informação; Redes Sociais; Internet; Mobilizações sociais; Sociedade em Rede.

Texto completo:

PDF/A